Segurança nas instalações elétricas: o que é importante saber

Entenda o que são instalações elétricas, os riscos com o trabalho com energia elétrica e alguns cuidados de segurança

Uma imagem contendo no interior, pessoa, geladeira, aberto

Descrição gerada automaticamente

Imagem: Acervo de Pixabay no Pexels



Assine a newsletter
da Universidade Trisul

 

 

Os serviços e atividades relacionados com eletricidade são regulamentados pelo Ministério do Trabalho e Emprego através da NR-10

 

Porém, além dos cuidados com a segurança dos trabalhadores, é necessário levar em consideração também o projeto e outras questões. 

 

Para entender mais sobre este tema, no post de hoje vamos explicar o que são instalações elétricas, os riscos com o trabalho com energia elétrica e ver alguns cuidados de segurança. 

 

O que são instalações elétricas?

O Mundo da Elétrica explica que uma instalação elétrica compreende: 

  • implementação física dos componentes das ligações elétricas;
  • conexão entre a fonte geradora de energia elétrica;
  • cargas elétricas. 

 

Nas instalações elétricas em baixa tensão, a fonte geradora vem da concessionária e as cargas são os eletrodomésticos e eletroeletrônicos que as pessoas conectam nas tomadas.

 

Assim, uma instalação elétrica pode ser dividida em:

  • Infraestrutura da instalação elétrica: compõem a infraestrutura os eletrodutos, caixas de passagem, caixa de medidores, fixadores para cabos, bandejas elétricas, dentre outros. 
  • Medição e proteção: composta por todos os medidores, disjuntores, fusíveis e relés que monitoram e protegem as instalações elétricas.
  • Cabeamento: São os condutores responsáveis por conectar as fontes às cargas elétricas.
  • Controle: A parte de controle numa residência, por exemplo, são interruptores para o sistema de iluminação, sensores para automatização ou sistemas para controle de uma bomba de piscina. 

 

Principais riscos do trabalho com a energia elétrica

De acordo com o Portal da Sienge, os principais riscos no trabalho com eletricidade são:

 

Choque elétrico:

Precisamos lembrar que o corpo humano é condutor de eletricidade. Quando o corpo entra em contato com a corrente elétrica, esta é conduzida para a terra ou para outro elemento condutor. 

 

Isso é o famoso choque elétrico, que causa calor e contrações musculares. As consequências do contato com a corrente elétrica dependem da intensidade da corrente e do tempo de exposição. De qualquer maneira, podem variar desde queimaduras, paradas cardíacas e, até mesmo, a morte. 

 

Arcos elétricos

O arco voltaico é a transmissão de corrente por um meio a princípio isolante, como o ar. Ele ocorre, em geral, devido à conexão e desconexão de dispositivos elétricos e em caso de curto-circuito. É possível que o calor produzido por um arco elétrico exceda a tolerância da pele, gerando queimaduras. 

 

Queimaduras

O contato com corrente elétrica pode provocar queimaduras também. Só que as queimaduras causadas por eletricidade podem ser, muitas vezes, mais graves do que as causadas por fogo. 

 

Segurança nas instalações elétricas

De acordo com a Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP), uma instalação elétrica interna está sujeita a defeitos e acidentes de diversas naturezas. Por isso, é necessário um sistema de proteção e segurança que seja adequado, a fim de evitar maiores danos. A instalação elétrica deverá ser executada de acordo com Normas e materiais adequados e de qualidade. 

 

A Norma vigente, a NBR 5410 – “Instalações Elétricas de Baixa Tensão” da ABNT, estabelece os critérios para garantir a segurança de pessoas, de animais domésticos, de bens e da própria instalação elétrica, contra os perigos e danos que possam ser causados pelas instalações elétricas, tais como:  

  • Proteção contra choques elétricos; 
  • Proteção contra sobrecorrentes;  
  • Proteção contra sobretensões e subtensões;  
  • Proteção contra falta de fase.

 

Instalações elétrica temporárias

No caso de instalações elétricas temporárias, por exemplo,  no canteiro de obras, devem atender aos requisitos legais, conforme indica o Manual do SESI:

  • Norma Regulamentadora nº 10 (NR 10): Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, do Ministério do Trabalho.
  • Norma Regulamentadora nº 18 (NR 18): Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção, Ministério do Trabalho. 
  • Recomendação Técnica de Procedimento nº 05 (RTP 05): Instalações Elétricas Temporárias em Canteiros de Obras (FUNDACENTRO, 2007).

 

Gostou de saber mais sobre segurança nas instalações elétricas? E que tal continuar atualizado sobre novas tecnologias, ações de sustentabilidade, energias renováveis, o mercado imobiliário, dicas e tendências para a construção civil? 

 

Outros posts que podem te interessar:


Continue acompanhando os nossos posts aqui na Universidade Trisul.