O que é ESG e qual é a importância dela para os negócios?

Entenda o que significa ESG e como as organizações, tais como do setor da construção civil, podem adotar ações dentro destes três pilares.

Imagem: Gerd Altmann at Pixabay 

Assine a newsletter
da Universidade Trisul

 

Os consumidores estão cada vez mais exigentes em relação aos produtos e serviços que eles consomem. Seja alimentos, cosméticos e, até no mercado de imóveis, percebemos um aumento de uma conscientização acerca de questões ambientais, sociais e éticas.

 

E, neste contexto, os investidores também acabam priorizando investimentos e negócios que adotam práticas relevantes e estruturadas nestes eixos.

 

Neste contexto surgem os investimentos ESG. Mas você sabe o que é ESG? Não se preocupe, neste post vamos explicar mais sobre esse conceito, seus pilares, a sua importância e como a construção civil pode adotar ações convergentes a esses eixos ESG. 

 

Afinal, o que é ESG?

ESG é uma sigla para o termo em inglês Environmental, Social and Governance. Na sua tradução direta para o português, refere-se a Ambiental, Social e Governança (ASG). 

 

Em termos práticos, ESG é aquele investimento que consegue incorporar questões nos seguintes eixos:

  • Ambientais;
  • Sociais;
  • de Governança; 

 

Assim, ESG pode ser entendido como um conjunto de boas práticas que podem ser implementadas com o intuito de assegurar o crescimento sustentável das organizações (ou seja, há uma preocupação econômico-financeira). Porém, sem descuidar das preocupações com o meio ambiente e o bem-estar social. 

 

Principais pontos analisados nos investimentos ESG

Vamos entender um pouco mais acerca dos três eixos ESG:

 

Ambiental

Environmental significa ambiental. Neste quesito são enfatizadas questões ambientais que podem contribuir para uma minimização dos impactos ao meio ambiente e/ou as devidas compensações. 

 

Social

O quesito social está relacionado com o compromisso de cuidar das pessoas que integram os públicos de interesse, incluindo aí tanto os funcionários, quanto a comunidade do entorno.  

 

Governança

Já a governança corporativa envolve a gestão de riscos e compliance. O que seria isso? Ações, modelos e processos que evitem a ocorrência de fraude e corrupção relacionada à organização. 

 

Principais vantagens dos investimentos ESG

E quais são as principais vantagens da adoção de práticas ESG para o negócio?

  • Maior atratividade: no geral, os consumidores estão ficando mais conscientes sobre consumo e seus impactos social e ambiental. Assim, os investimentos ESG são mais atrativos porque tendem a ser mais valorizados pelos consumidores. 
  • Melhoria da imagem organizacional: uma organização preocupada com questões de ESG acaba agregando muito valor à sua imagem organizacional, pois são empresas que colocam tais ações integradas ao seu propósito. 
  • Melhoria do clima organizacional interno: aplicar ações de ESG é pensar nos seus colaboradores, na qualidade de vida no trabalho e no seu bem-estar. Logo, gera um clima organizacional interno mais positivo, além de evitar uma grande rotatividade de funcionários. 

 

Como adotar boas práticas ESG na Construção Civil?

A Trisul é um exemplo de que é possível ter projetos rentáveis economicamente sem se descuidar dos três pilares dos investimentos ESG.

 

Em termos práticos, é possível citar algumas ações da Trisul dentro do ESG, tais como:

  • Certificação AQUA: O Processo AQUA-HQE é uma certificação internacional para construções sustentáveis. Essa certificação leva em consideração 14 (catorze) critérios. Em abril de 2019, a Trisul recebeu o Certificado Empreendedor AQUA, na fase de Execução de seus projetos residenciais de médio e alto padrão.
  • Selo Procel de Economia de Energia para Edificações: Criado em 2003 pelo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), o Procel Edifica (Programa Nacional de Eficiência Energética em Edificações) é um programa destinado à eficiência energética das edificações, além do conforto ambiental. Seu objetivo é reduzir em 50% o consumo em novas edificações e 30% nas que fizerem reformas levando em conta os conceitos de eficiência energética. O empreendimento da Trisul, Oscar Ibirapuera, recebeu o certificado Procel.  
  • Governança: em termos de prática de governança, a Trisul adora várias ações, tais como a criação e implantação de um Código de Conduta Ética.

 

Certamente a organização que adota práticas de ESG consegue se tornar muito mais atrativa, seja para investidores, assim como para clientes. 

 

Gostou do nosso post? E que tal continuar atualizado sobre sustentabilidade e as tendências para a construção civil? Acompanhe sempre nossos posts aqui na Universidade Trisul.