Pisos drenantes: aumentando a permeabilidade urbana

Entenda o que são os pisos drenantes, suas características, aplicabilidades e as vantagens do seu uso

Imagem: dougsbrickpaving.com

 

Assine a newsletter
da Universidade Trisul

 

A construção civil tem investido em soluções mais inovadoras e que tragam mais sustentabilidade para os espaços. E, neste contexto, os pisos drenantes têm ganhado muita relevância nos ambientes externos. Os pisos drenantes são aqueles que facilitam a permeabilidade da água no solo.

 

Os primeiros pisos intertravados começaram a ser produzidos na década de 1940 na Holanda. Com os anos, popularizou-se na Europa, pois é uma alternativa versátil, econômica e ecológica que acabou se espalhando por muitos países, inclusive o Brasil.

 

Por isso, neste post vamos entender como funcionam os pisos drenantes, suas características, suas principais inovações e como eles trazem uma maior sustentabilidade para a construção civil. 

 

Pisos drenantes: como funcionam

Como revela o próprio nome, os pisos drenantes (ou pisos permeáveis) são aqueles que permitem a passagem da água. Assim, ao invés de formarem uma barreira que obriga a água das chuvas a escorrer precisando, assim, ir para o esgoto, os pisos drenantes permitem que ela escoe, de maneira direta, para o solo. Desta forma, esses tipos de piso permitem a permeabilidade por parte da água. 

 

Atualmente, há diversas opções disponíveis no mercado, pois há uma maior consciência em tornar os solos dos centros urbanos cada vez mais permeáveis, evitando enchentes e alagamentos. E essa preocupação acabou se difundindo entre os arquitetos, os urbanistas e consumidores. 

 

Imagem: jettingservices.co.uk

 

 

Alguns tipos de pisos drenantes

Há diversos tipos de pisos com permeabilidade. Vamos trazer aqui algumas tipologias.

 

A primeira é a divisão entre pisos drenantes comuns e pisos drenantes resinados. 

  • Piso drenante comum: esse tipo de piso é, muitas vezes, à base de cimento e são configurados em placas;

  • Piso drenante resinado: é feito à base de resina e seu grande objetivo é não contaminar com resíduos de cimentos a água que é direcionada para o solo. 

 

Porém, nos últimos anos, as novas tecnologias e inovações estão criando novos tipos de pisos drenantes, além de utilizarem matérias-primas bem inovadoras, sempre focando em proporcionar uma maior sustentabilidade para os projetos. Alguns exemplos:

  • Pisos feitos de compostos de concreto e com fibras naturais: esses pisos vêm em placas pré-moldadas e apresentam uma boa resistência;

  • Há alternativas desenvolvidas a partir de matéria-prima reciclada, como é o caso de pisos drenantes à base de pneu reciclado. Uma das características deste piso é ser monolítico, ou seja, sem rejunte ou emendas;

  • O piso grama é uma mistura de piso com áreas vazadas permeáveis e que são preenchidas apenas por grama. Devido a presença do gramado, além de oferecer a permeabilidade, há também a redução do calor. 

 

Principais benefícios e aplicabilidade

Os pisos drenantes oferecem diversos benefícios, vamos aqui indicar os mais evidentes. Em primeiro lugar, são pisos mais ecológicos. Além disso, eles são antiderrapantes, oferecendo mais segurança para os usuários. Outra vantagem é que esse tipo de piso, ao permitir a passagem da água, acaba evitando o sobrecarregamento dos esgotos, diminuindo a chance de entupimento dos ralos.

 

E onde aplicar os pisos drenantes?

Os pisos drenantes são muito versáteis e podem ser aplicados em diversos tipos de projetos diferentes, tais como:

  • áreas externas, como jardins;

  •  deck da piscina;

  • calçadas;

  • parques públicos;

  • estacionamentos.

Imagem: rickyhil.com

 

Assim, os pisos drenantes são indicados para qualquer ambiente, desde que sejam externo. Uma outra característica é que os pisos drenantes constituídos por cimento, por exemplo, possuem várias cores, o que permite uma grande gama de possibilidades para os diversos espaços. 

 

Os pisos drenantes, certamente, continuarão evoluindo e apresentando inovações tecnológicas. Quer continuar atualizado sobre as inovações e tendências para a construção civil? Acompanhe sempre nossos posts aqui na Universidade Trisul.