Cursos técnicos e tecnológicos para a área de construção civil

Saiba como escolher entre cursos técnicos e cursos tecnológicos e veja alguns muito interessantes para a área de construção civil

 

(Imagem: Pixabay)

Assine a newsletter
da Universidade Trisul

 

Quando pensamos nos estudos relacionados com a construção civil, geralmente relacionamos com os cursos de Engenharia e de Arquitetura. Porém, é possível direcionar os estudos para a área da construção civil em diversos níveis diferentes, através de cursos técnicos e tecnológicos. E para entender um pouco mais sobre essas tipologias e para trazer diversas dicas sobre cursos interessantes e atuais, o nosso post de hoje é exatamente sobre isso. 

 

Cursos técnicos e cursos tecnológicos: quais as principais diferenças?

É muito comum a confusão entre os cursos técnicos e tecnológicos: são a mesma coisa? Quais são as principais diferenças? Vou poder fazer uma pós-graduação? Por isso, vamos explicar aqui o que é cada um destes tipos de cursos.

 

Para o Ministério da Educação, os cursos técnicos são programas de nível médio com o objetivo de capacitar o estudante, proporcionando conhecimentos teóricos e práticos nas diversas atividades do setor produtivo. Já os cursos tecnológicos classificam-se como de nível superior. Ou seja, o curso técnico mais voltado para o estudante que vai cursar ou já cursou o ensino médio e quer aprender uma profissão. Assim, é possível que o aluno faça os dois ao mesmo tempo. Já o curso tecnológico é um curso superior, uma modalidade de graduação, juntamente com o bacharelado e a licenciatura.

 

E a educação continuada?

Já a educação continuada se encaixa dentro dos cursos de livre oferta, que estão previstos no artigo 42 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Assim, a formação inicial e continuada ou qualificação profissional podem ser oferecidas como cursos de livre oferta, abertos à comunidade e não precisam estar associados a um nível mínimo de escolaridade. Desta forma, estes cursos não possuem carga horária preestabelecida e podem apresentar características diversificadas em termos de preparação para o exercício profissional de algumas ocupações. 

 

Porém, o próprio MEC destaca que, quando organizados pelo sistema educacional dentro de um itinerário formativo com o intuito de possibilitar continuidade de estudos, os cursos de formação inicial e continuada (FIC) ou qualificação profissional possuem regulamentação quanto a carga horária. Está estabelecida a duração mínima de 160 horas (Decreto nº 8.268/2014). Além disso, tais cursos devem garantir a profissionalização em determinada área e, ao mesmo tempo, o contínuo e articulado aproveitamento de estudos nos diferentes níveis da educação nacional.

 

Cursos na área da construção civil

Destacamos aqui algumas sugestões de cursos técnicos e cursos tecnológicos na área da construção civil.

 

Cursos técnicos

É importante saber que existe o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do MEC. Possivelmente até 2021 este catálogo sofrerá atualizações. 

 

A atual edição do Catálogo é dividida em 13 (treze) eixos tecnológicos. No caso da construção civil, o eixo com maior relação é o de Infraestrutura, com os seguintes cursos técnicos mais representativos para a área:

 

  • Técnico em Desenho de Construção Civil;

  • Técnico em Edificações;

  • Técnico em Estradas;

  • Técnico em Geoprocessamento;

  • Técnico em Portos;

  • Técnico em Saneamento.

 

Para a consulta dos Cursos Técnicos Regulares cadastradas no MEC, há o SISTEC (Sistema Nacional de Informação da Educação Profissional e Tecnológica). Nele é possível consultar a listagem por estado. 

 

Cursos tecnológicos

Como vimos anteriormente, os cursos tecnológicos são cursos de nível superior. O MEC disponibiliza um Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia que é um guia de informações sobre o perfil de competências do tecnólogo. Além disso, esse Catálogo apresenta a carga horária mínima e a infraestrutura recomendada para cada curso. 

 

Neste Catálogo também há a divisão em 13 (treze) eixos tecnológicos, sendo eixo Infraestrutura mais aderente aos cursos para a construção civil e, dentre eles, destacam-se:

 

  • Construção de Edifícios;

  • Controle de Obras;

  • Estradas;

  • Geoprocessamento;

  • Material de Construção;

  • Obras Hidráulicas. 

 

Onde estudar?

Para encontrar a faculdade que melhor atende às suas necessidades, acesse o Cadastro e-Mec que tem um catálogo interativo com as Instituições de Ensino Superior (IES) divididas pelos cursos de busca, estados e cidades. 

 

E para continuar atualizado sobre os cursos, as inovações, as tecnologias e as tendências para a construção civil?, acompanhe sempre nossos posts aqui na Universidade Trisul. 

 

Conteúdo VIBCOM