Contramarco e Caixilho. Passo a Passo da Instalação.

O contramarco é a moldura de alumínio que tem a função de servir de base para a fixação das esquadrias de alumínio, ou seja, portas e janelas. São posicionados nos vãos da alvenaria de acordo com o projeto arquitetônico, e nesse sentido, devem estar perfeitamente posicionados na fachada, garantindo o alinhamento das janelas e o nivelamento dos frisos.

Os contramarcos são fixados com a utilização de grapas de alumínio, embutidas na alvenaria e fixadas junto a estrutura de concreto, distribuídas ao longo do perímetro. Tanto as cavidades que recebem as grapas quanto o vão entre o contramarco e a alvenaria devem ser preenchidos com argamassa adequada a essa solicitação, uma vez que os contramarcos são diretamente responsáveis pela estabilidade estrutural das peças a eles fixadas.

Frente a tantos requisitos, vejamos a seguir os passos para a correta instalação dos contramarcos e caixilhos de alumínio.

 

Procedimento Executivo:


Condições para o início do serviço

O local de serviço deverá estar limpo e desimpedido.

Os materiais devem estar disponíveis no andar para execução do serviço.

O taliscamento deve estar concluído.

Deverá ser previsto ponto de ancoragem para fixação de talabarte, em casos onde o peitoril da alvenaria seja inferior a 1,20 m, ou exista risco de queda do colaborador.

 

Instalação de contramarco

O nível do contramarco deve ser liberado pelo mestre ou encarregado da obra (utilizar como referência o nível demarcado no poço do elevador) e passados para os ambientes utilizando nível laser, alemão ou mangueira de nível (Figura 1).

Figura 1 – Marcação do Nível

O ponto crítico do andar deve ser verificado para a instalação de todos os caixilhos do pavimento na mesma altura e nivelamento. A adoção do ponto crítico deve ser cuidadosa, pois a aba superior do contramarco irá definir os frisos de trabalho da fachada.

Neste caso, é importante que os contramarcos sejam posicionados o mais próximos possível das vigas superiores. Isto porque o ideal é que o friso da fachada esteja na região da fixação da alvenaria.

Figura 2 – Posicionamento do contramarco

Os contramarcos devem ser posicionados no vão, utilizando prumo de face, mangueira de nível e arame guia como referência.

Os mesmos devem ser acertados de acordo com o nível demarcado anteriormente, utilizar o esquadro de pedreiro para alinhar o contramarco de acordo com os arames guias e conferir o prumo do mesmo. Após conferir cuidadosamente o nível e o prumo, deve-se iniciar a colocação do contramarco.

Para isso, as grapas do contramarco devem ser fixadas com uso de pistola finca-pinos em partes de estrutura de concreto (Figura 3) e chumbadas nas partes de alvenaria em furos executados com serra copo (Figura 5).

Figura 3 – Fixação do Contramarco (Fonte: Revista Techne)

Os arames devem ser posicionados pelo eixo de marcação de alvenaria.

Travar o contramarco com o auxílio de sarrafos de madeira, posicionados verticalmente.

O mestre de obra deverá liberar os contramarcos para serem chumbados, conforme descrito na Figura 4.

Figura 4 – Travamento do Contramarco (Fonte: Revista Equipe de Obra).

É recomendável a utilização de um gabarito de alumínio ou metálico para impedir deformações no chumbamento do contramarco.

O chumbamento deve ocorrer com argamassa no traço 1:3 (cimento:areia), primeiramente nas grapas (Figura 5). A seguir preencher todo o perímetro do contramarco com o mesmo traço de argamassa (Figura 6).

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A requadração em argamassa da gola dos caixilhos, na fachada, deverá ter uma abertura de 0,5 cm nas laterais (em relação ao esquadro do contramarco), assim como a requadração inferior. No requadro superior a inclinação deverá acompanhar a do peitoril a fim de criar a condição de pingadeira (vide Figura 2.).

 

Esta abertura tem a finalidade de facilitar a instalação do caixilho.

 

Instalação de caixilho

A obra deve conferir se os perfis estão limpos e no esquadro.

A requadração das golas dos caixilhos, em argamassa, deve estar executada.

Recomenda-se também que o acabamento final (textura rolada, pintura, entre outros) seja aplicado nas golas antes da instalação do caixilho, uma vez que o caixilho instalado irá dificultar o acesso a essa região.

Deve ser passado um cordão de silicone em todo o perímetro do contramarco (Figura 7). A seguir o caixilho deve ser posicionado no contramarco e fixado com o auxílio de parafusos.

Figura 7 – Aplicação do Silicone no Contramarco (Fonte: Revista Techne).

A obra deve verificar se a borracha de vedação dos caixilhos está em perfeito estado, as folhas do caixilho devem ser ajustadas para que corram sem dificuldade. As guarnições (arremates) devem ser instaladas preferencialmente antes da pintura da última demão de látex na parede (quando houver).

A obra deve verificar:

  • Se os encontros das guarnições (45°) estão em perfeito acabamento;
  • Se as folhas correm sem dificuldades;
  • Se os vidros estão íntegros e sem riscos;
  • Se os perfís de alumínio estão isentos de riscos ou amassados;
  • Se as travas estão reguladas, impedindo a abertura das folhas quando acionadas;
  • Se as persianas podem ser enroladas sem dificuldades, para caixilhos que disponham desse mecanismo.