Logística no canteiro de obras

Como funciona o fluxo logístico dentro dos canteiros de obras?

 

 

Assine a newsletter
da Universidade Trisul

 

FLUXO LOGÍSTICO

Descrição de cada fluxo:

  • Físico

Compreendem os fluxos de matérias-primas, produtos em processo, equipamentos, pessoal e serviços desde o fornecedor até chegar ao local de sua utilização na frente de trabalho.

  • Informação

Compreendem todas as informações que visam garantir o fluxo de bens e serviços. São informações que visam dar apoio a determinadas decisões ou a orientar a operacionalização de atividades.

  • Financeiro

Compreendem todas as movimentações financeiras que são necessárias para viabilização das atividades logísticas. Na construção, o modelo de financiamento, ou o de pagamento, determina os prazos de execução e, consequentemente, todo o planejamento logístico.

 

FLUXOS E SEUS PROCESSOS

Cada fluxo contém uma determinada quantidade de processos, que são “partes menores” dos fluxos, afim de melhor administrá-los, melhorando suas partes e obtendo resultado aprimorado no todo.

 

PROCESSO LOGÍSTICO: Processos são entradas que são desenvolvidas e então resultam em um produto.

 

Materiais e Informações > Processo de Produção > Produtos 

 

PARÂMETRO LOGÍSTICO:

Integração de todos os elementos e fatores: Almoxerifados, entradas e saídas para operários distintos, para os clientes, disposição de equipamentos etc.

Mínima Distância: O transporte nada produz, portanto deve ser minimizado e se possível eliminado.

Obediência do fluxo de operações: Evitar cruzamentos, retornos / retrabalhos, interferências e congestionamentos

Racionalização dos espaços: Aproveitar as quatro dimensões (geométrica e temporal) – subsolos espaços superiores para transportar, canalizações, depósitos poucos usados.

Satisfação e segurança do empregado: um melhor aspecto das áreas de trabalho promove tanto a elevação moral do trabalhador quanto a redução de riscos de acidentes.

Flexibilidade: possibilidade de mudança dos equipamentos, quando evoluir ou modificar a linha de produtos – condições atuais e futuras.

 

PARÂMETRO LOGÍSTICO:

Realizado depois que o FLUXO das atividades são separados em PROCESSOS, que são desenvolvidos e melhorados com bases nos PARÂMETROS.

Todo esse planejamento é FORMALIZADO e segue  a abordagem PDCA para retroalimentação e melhoria contínua de todo o fluxo.

 

GESTÃO VISUAL LOGÍSTICA (CAD) – o que é? 

Através de dispositivos visuais intencionalmente projetados para interligar as necessidades de um fluxo de atividades com as informações necessárias e planejadas para ela.  Para isso são utilizados as ferramentas Autodesk Autocad e Autodesk Revit

 

LOGÍSTICA NO CANTEIRO DE OBRA – o que é?

É um processo multidisciplinar aplicado a uma determinada obra que visa garantir o abastecimento, a armazenagem, o processamento e a disponibilização dos recursos materiais nas frentes de trabalho, bem como o dimensionamento das equipes de produção e a gestão dos fluxos físicos de informação.

Em resumo é a gestão dos fluxos físicos , financeiros e dos fluxos de informações associados à execução de atividades no canteiro;

 

FASES PRINCIPAIS DA LOGÍSTICA APLICADA EM OBRA:

São 3 fases principais:

Fase 1 – Desenvolvimento de premissas e estudos para novas obras que vão iniciar, análise da locação de pontos de vendas e apartamentos decorados para conviver com o início da obra.

Fase 2 – Implantação inicial das áreas de vivências do canteiro de obra, locação e compatibilização de equipamentos pesados, logística para execução de contenção, movimentação de terra e execução da fundação.

Fase 3 – Implantação da logística das áreas de estoque, almoxarifados e armazenamento de materiais compatibilizando com as necessidades técnicas, projetos, cronograma das atividades e MRP. Implantação da desmobilização planejada do canteiro de obra, das áreas de estoques, almoxarifados e armazenamento após o pico do histograma da obra e aproximação da entrega do empreendimento.