Softwares de gestão de obra ajudam a melhorar eficiência

Ferramentas devem permitir a visualização completa do projeto, integrando as operações da construção com o backoffice das empresas.

software de gestão

 

Ter uma gestão eficiente é essencial para o bom desenvolvimento da obra e, consequentemente, para o resultado final do empreendimento. Hoje em dia, é extremamente vantajoso aproveitar as ferramentas digitais disponíveis para melhorar o desempenho e acompanhar os processos com mais clareza. Os softwares de gestão de obras são fundamentais para o crescimento sustentável de construtoras e incorporadoras.

Estas soluções oferecem ferramentas que otimizam a gestão e ajudam a atingir a principal meta do setor construtivo: fazer mais e melhor com menos recursos. A responsabilidade em melhorar os processos e utilizar os recursos conscientemente está cada vez mais intrínseca nas empresas, assim, é importante ter um gerenciamento seguro e com garantia de confiabilidade das informações para que as decisões sejam tomadas corretamente.

“Com a mudança de cenário no setor, as margens dos projetos caíram drasticamente. Agora se faz ainda mais necessário ter softwares de gestão de obras que permitem uma visão macro de todo o processo, minimizando erros e gerando informações que facilitam a tomada de decisão por parte dos gestores”, diz Eduardo Pires, diretor de professional services da Totvs.

Por meio de mapeamento de processos, é possível controlar o fluxo de informações da obra, fazendo com que eles sejam padronizados e eficientes. Em geral, estas soluções possibilitam acompanhar o cronograma e a execução das obras, gerenciar materiais em estoque e recursos utilizados, monitorar orçamentos e gastos de todas as ordens, acompanhar o trabalho dos funcionários, simular alterações nos projetos, controlar contratos com terceiros, entre outras atividades.

“O empreendimento pode ser quebrado em estratégico (orçamento), tático (atividades) e operacional (ordens de serviços), por exemplo, o que possibilita um melhor controle da produção”, completa Eduardo. O gestor acompanha a produção de suas equipes e equipamentos e controla os recursos e materiais em tempo real através de aplicativos de dispositivos móveis.

A Totvs – companhia que atende diversos segmentos, incluindo construção civil – consegue adaptar suas soluções a partir das necessidades específicas dos seus clientes, alinhando-as com as melhores práticas de construção, engenharia, design e projetos.

“Nossa solução abrange todas as especificidades da engenharia, integrando as operações do projeto com as atividades administrativas – ou backoffice (ERP). Dessa forma, a construtora ou incorporadora gerencia a obra do começo ao fim, desde o orçamento detalhado, passando pelo controle de custos, alocação de recursos e de profissionais até o controle total de cada etapa do projeto, incluindo planejado versus executado, gestão de documentos e de processos. Tudo isso por meio de uma única ferramenta”, explica o diretor.

 

Gestão de backoffice

 

software de gestão

 

O ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial) é a base para concentração das informações da gestão. Ele ajuda a ter uma melhor organização, facilitando o acesso aos dados e criando uma visão integrada de todas as áreas. Isso permite que os processos sejam otimizados, agilizando tanto tomadas de decisão quanto soluções de problemas.

“É nele que as regras de compliance são cumpridas. Com base nestes processos de segurança, toda a cadeia garante que desde a solicitação de material até a aprovação financeira seja controlada pelas partes interessadas”, diz Lucas Freitas, head de construção da Mega.

A Mega é uma empresa focada em ERP para a construção civil e, hoje, detém um dos softwares de gestão mais usados no segmento: o Mega Construção. “Nosso foco é simplificar a vida dos usuários, dando informação e controle total das obras e da gestão financeira dos empreendimentos. Nossos clientes têm segurança nas informações fiscais, financeiras e contábeis, sempre visando dar produtividade e gestão para todos os times envolvidos no processo”, afirma Lucas.

A integração de diferentes áreas internas é uma característica importante para o software de gestão de obra, principalmente para facilitar a comunicação e trazer consistência no controle de dados. A escolha da ferramenta mais adequada sempre vai variar com o seu propósito, no entanto, é preciso verificar se ela vai atender as necessidades básicas de gestão – o ERP – e disponibilizar módulos especializados para as áreas relacionadas à construção.

“Temos uma plataforma de colaboração e produtividade que agrega comunidades de propósito, workflows para aprovação, gestão eletrônica de documentos, treinamentos (EAD) e dashboards para acompanhamento de metas. Ela entrega uma visão macro de todo o processo”, ressalta Eduardo, da Totvs.

De acordo com o executivo, através de formulários inteligentes, por exemplo, é possível automatizar atividades da equipe de vendas, centralizar processos de negócios (CSC), otimizar gestão de times de serviços (BPO), adequar processos de sistemas de qualidade (ISO, SOX, ONA, etc.) e qualquer outra atividade que necessite de interações entre pessoas de diferentes áreas.

“Com as informações em mãos, é possível prever resultados e fazer uma leitura completa do processo. Assim, as tomadas de decisões são fundamentadas na interpretação desta leitura, a qual é muito mais assertiva e confiável”, afirma Eduardo.

 

Segurança da informação

O investimento em um bom software de gestão traz um rápido retorno para a obra, gerando um maior desempenho e assertividade nos processos. Vale destacar que algumas ferramentas de ERP também permitem a conexão com diversas soluções externas desenvolvidas por construtechs, garantindo abertura e evolução do mercado.

Por fim, todo software possui um nível de isolamento de informação, garantindo a segurança dos dados e o acesso para quem realmente interessa. É possível dar permissões de acesso por funcionalidades ou nível de cargo, seja para um individuo seja para um grupo de usuários. As soluções também são, em sua maioria, implantadas em sistema de armazenamento de nuvem, os quais possuem garantias e certificações de controle de acesso e segurança da informação.

 

Conteúdo: VIBCOM