Escavação

Minimizar os riscos de desabamentos e soterramentos durante o processo de escavação é fundamental. Inclusive, antes da escavação, a preparação do entorno deve ser realizada. O terreno deve ser limpo, através da retirada ou escoramento de rochas, árvores e materiais que possam comprometer a estabilidade da obra.

Conhecer o solo é essencial porque a maioria dos acidentes acontece por causa dos movimentos acidentais que resultam em desabamentos. Para a segurança dos profissionais, as diretrizes são listadas pela Norma Regulamentadora 18 (NR-18).

A observação das normas é obrigatória, com sua existência jurídica assegurada pela Consolidação das Leis do Trabalho. Ela procura estabelecer procedimentos de administrativos, de planejamento e de ação ligados ao trabalho da construção civil.

Confiram as principais orientações de segurança na construção civil.

Redes subterrâneas:
– levantar informações com as distribuidoras sobre as redes subterrâneas na área de escavação.
– Redes de gás possuem sinalização externa com placas de aviso, balizadores, tachões no piso, onde deve ser realizada a escavação manual.
– Na vala, há uma fita plástica de advertência acima da tubulação de gás.
– Se houver cabo subterrâneo de energia elétrica, a escavação só pode ocorrer com o cabo desligado.

Sinalização:
O acessos dos trabalhadores e equipamentos às áreas de escavação devem ter sinalização de advertência permanente.

Descarte:
Os materiais retirados da escavação devem ser depositados temporariamente a uma distância superior à metade da profundidade, medida a partir da borda do talude e, posteriormente, ser levada a bota fora legalizado.

Saiba mais em: ContençõesFundações, Estrutura, Alvenaria, Instalações elétricas, Instalações hidráulicas, Impermeabilização, AcabamentosRevestimento externo, Entrega final e Entrevistas com Especialista.